Quero compartilhar com você uma das coisas que durante muitos anos que tenho de experiência em academia, 20 longos anos para ser mais exato, sempre foi um grande desafio e continua sendo. Este desafio é o fato de a grande maioria das mulheres desejarem treinar somente membros inferiores em seus treinos de musculação, pois querem melhorar a condição estética de coxas e bumbum.

Isso faz com que eu tenha escutado muitas vezes, assim como meus colegas de profissão a seguinte frase:

“Eu ganho massa muscular muito fácil nos braços e por isso eu quero treinar somente pernas e não ficar musculosa na parte de cima do corpo”.
 
Sempre que escuto isso tento explicar o quão é importante treinar o corpo todo para ter um resultado melhor, mais duradouro e com muito mais harmonia, mas nem sempre fica claro em poucas palavras durante um primeiro atendimento ou durante a rotina corrida da academia esta importância.
 

Por isso, resolvi fazer este texto e trazer o que acredito serem os 5 principais motivos para que as mulheres se dediquem para o treino de membros superiores também. São eles:

1. Pilar de sustentação: da pelve para cima temos nosso principal pilar de sustentação do esqueleto, a nossa coluna vertebral, porém este pilar de sustentação necessita de uma grande cobertura no seu em torno que o deixe com grande estabilidade para executar os principais exercícios de membros inferiores e inclusive as atividades diárias simples do dia-a-dia. Ao treinar os grandes músculos como grande dorsal e peitorais, fazemos uma grande ativação de todos os músculos do tronco que participam da proteção e sustentação da coluna vertebral. Estes exercícios acabam sendo um excelente estímulo funcional para a estabilização, aumentado assim a segurança nos exercícios de maior complexidade.

2. Aumento do metabolismo: ao treinar os membros superiores as mulheres evitam a diminuição da massa magra. A perda de massa magra está diretamente ligada a diminuição do metabolismo, o que acarreta em uma maior dificuldade de alcançar resultados, pois tendo um metabolismo reduzido, consequentemente se diminui o gasto calórico diário, o que acarreta em muitas vezes em ganho de massa de gordura e a dificuldade de ter bons resultados. Mais massa muscular é igual a mais gasto calórico; e é esta equação que otimiza os resultados.
 

3. Manutenção e ganho de massa óssea: as mulheres possuem uma redução da massa óssea maior e mais cedo que os homens. O fato de fazer força com membros superiores faz com que os ossos do do esqueleto superior sofram tensão, a qual é a melhor forma de fortalecer os ossos e evitar o aparecimento da osteopenia e osteoporose.

4. Postura e dores: uma gama enorme de funções nas mais diversas áreas de trabalho exigem que as pessoas fiquem durante horas sentadas e realizando tarefas repetitivas, como: digitação, atendimento ao público, telemarketing, etc. Agora pense comigo, você está sempre treinando forte as suas pernas e coxas e sai da academia quase “rastejando” por causa de um treino forte de membros inferiores, mas no outro dia você chega no trabalho senta na cadeira e passa 8 horas sentada. Quais são os músculos que vão sustentar o seu tronco sentada? Suas pernas que estão treinando forte ou seus músculos do tronco que você não faz questão de treinar e que sustentam a sua postura essas 8 horas? Onde você sente dores durante o dia ao estar sentada todas estas horas ? Lombar, trapézio e outros músculos que deveriam estar sustentando seus ombros e pescoço, estão fortes e resistentes para uma jornada diária de sustentação da sua postura e depois ter ainda que suportar você colocar uma barra nas costas e agachar? Treinar os membros superiores corretamente melhorará sua qualidade de vida diária, pois não ter dores é muito bom e melhorará sua postura.
 

5. Melhor resultado nos membros inferiores: não poderia ser diferente, certo? Você começa a treinar os membros superiores com sempre deveria ter treinado, seu tronco esta mais forte, seus músculos posturais mais resistentes, sua postura está melhor e você está sem dores posturais do dia-a-dia. O que acontece agora? Com isso você consegue treinar com mais intensidade e segurança os membros inferiores, acarretando assim um resultado muito melhor. É o efeito cascata proporcionado pela prática de exercícios com harmonia entre todos os segmentos corporais.

Acredito que tenha ficado bem claro a importância de treinar a parte superior do corpo. Portanto, literalmente, “MÃOS À OBRA” ! Bons treinos !

 
Prof. Fábio de Ávila Peres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *